Top
PLANEJE A SUA VIAGEM

Roteiro de viagem nas Maldivas

Roteiro de viagem nas Maldivas

Neste post, você vai encontrar todas as informações e dicas do nosso roteiro de viagem nas Maldivas, o qual foi feito de forma bem econômica entre as ilhas locais de Malé, Omadhoo, Dhigurah e Thoddoo.

E antes de seguir com as dicas do roteiro, recomendamos que você leia o guia completo sobre como viajar de forma econômica nas Maldivas para saber o que esperar de uma viagem econômica para as Maldivas em ilhas locais e obter dicas de planejamento.

Dito isto, vamos às dicas e informações detalhadas do nosso roteiro de viagem nas Maldivas, o qual nos proporcionou uma viagem sensacional e inesquecível.

Há cerca de 1200 ilhas nas Maldivas, dentre as quais pelo menos 40 são ilhas locais desenvolvidas e com estrutura para o turismo. E é até difícil de acreditar, mas a grande maioria destas ilhas locais são maravilhosas, paradisíacas e com águas super cristalinas!

Por isso, escolher algumas entre elas não foi uma escolha fácil, principalmente pelo pouco material de qualidade na internet sobre o assunto.

Porém, depois de fazer uma viagem MARAVILHOSA e econômica para as Maldivas, posso dizer que fomos bem recompensados em investir horas e horas e na pesquisa e ter visitado Omadhoo, Dhigurah e Thoddoo, algumas das melhores ilhas do país.

E a seguir compilamos todas as dicas de viagem e relatos para ajudar você a também viver uma experiência incrível e econômica nas Maldivas.

Se tiver interesse em outras ilhas além das que visitamos, confira este post aqui com sugestões das melhores ilhas locais para sua viagem.

 

ROTEIRO DE VIAGEM

NAS MALDIVAS

Roteiro de viagem nas Maldivas

No total, ficamos 11 dias nas Maldivas e dividimos nosso tempo entre 3 ilhas com perfis diferentes entre si, o que nos proporcionou uma viagem dinâmica e ao mesmo tempo relaxante.

Em nossa viagem tivemos momentos relaxantes em praias paradisíacas, visitamos bancos de areia, nadamos com tubarões baleias e manta rays, vimos planctons fluorescentes na água e jantares românticos ao pôr do sol.

Por tudo que vivemos durante esses dias em apenas 3 ilhas diferentes, considero que este foi um roteiro sensacional e indicaria muito para a sua viagem.

Mas, saiba que este roteiro pode muito bem ser estendido por mais alguns dias e englobar também outras ilhas próximas aos atóis que escolhemos, então fique atento nas dicas descrita abaixo 🙂

LEIA TAMBÉM: Tudo que você precisa saber sobre a experiência de ficar em ilhas locais nas Maldivas

Agora, vamos ao que interessa.

 

1 NOITE EM MALÉ

A AUTÊNTICA CAPITAL DAS MALDIVAS

O que fazer nas Maldivas
Centro comercial de Malé, a capital das Maldivas

Começamos a viagem de forma tradicional, pousando em Male, a capital e porta de entrada das Maldivas.

Chegamos lá com a AirAsia saindo de Kuala Lumpur e pagamos apenas 200 dólares ida e volta pela passagem. Se quiser saber mais sobre como chegar nas Maldivas de forma econômica, clique aqui.

Como chegamos tarde, passamos uma noite em Male, mais especificamente em Hulhumale, que é uma ilha anexa à parte mais movimentada de Malé.

Para chegar no hotel, utilizamos o serviço de transfer do hotel, que nos custou 10 dólares para duas pessoas. Embora tenhamos escolhido o transfer pela comodidade, é bom destacar que há conexões de ônibus entre o aeroporto e Hulhumale e as tarifas são bem em conta.

Gostamos da experiência de nos hospedar em Hulhumale , pois as praias são bonitas e há uma boa oferta de restaurantes a poucos minutos de caminhada da maioria dos hotéis.

Mas, a depender do horário de chegada do seu voo, você pode escolher entre ficar uma noite e explorar um pouco da capital, ou seguir direto para as ilhas.

Ambas as opções são válidas e dependem do seu perfil de viajante e interesse na cultura local. Confira aqui as opções de hospedagem em Malé e reserve com cancelamento gratuito.

Eu indicaria passar pelo menos algumas horas em Malé para conhecer um pouco mais da realidade das Maldivas além de suas ilhas paradisíacas.

Maldivas roteiro de viagem
Quem disse que as Maldivas não têm sua própria Wall Street

O centro comercial da cidade não é tão grande e em cerca de 4 horas é possível fazer um passeio descontraído e cultural na capital das Maldivas.

No dia seguinte ao nosso desembarque nas Maldivas, exploramos o centro de Malé nas imediações dos piers e pegamos um speed boat as 16 horas para Omadhoo. Essa viagem durou cerca de 1 hora e meia e custou 25 dólares por pessoa.

É altamente recomendável fazer a reserva dos bilhetes com antecedência, por intermédio da sua acomodação na ilha.

Podemos organizar uma viagem personalizada para você. Quer saber mais? Clique aqui e confira detalhes e orçamento.

 

2 NOITES EM OMADHOO

TRANQUILIDADE PURA

Omadhoo foi a primeira ilha que visitamos nas Maldivas e um pedacinho do paraíso que nos conquistou, com sua simplicidade e praias lindíssimas.

A ilha é linda e ainda pouco explorada pelo turismo, o que significa que ela ainda preserva muito de sua autenticidade e preços honestos.

Some-se a isso belíssimas praias e extensão fácil de ser percorrida a pé e você vai ter o resultado da equação é igual ao paraíso que merece ser visitado!

A praia de biquini em Omadhoo tem águas tão cristalinas que fazem doer os olhos e uma extensão em forma de banco de areia super fotogênico.

Por sinal, a comunidade de Omadhoo se organizou para decorar a praia com um balanço bem charmoso e que certamente vai te render lindas fotos 🙂

O que fazer nas Maldivas
Omadhoo nas Maldivas

Em Omadhoo nos hospedamos na Nemo Inn, uma pousadinha bem simples, mas com staff simpático e localização interessante. O restaurante do hotel foi um plus para nós, com refeições entre 5 a 10 dólares.

Em nossa estadia em Omadhoo, fizemos snorkel nos corais cheios de peixes, aproveitamos a praia, vimos tubarões babys na beira da água no entardecer e caminhamos bastante para observar a rotina pacata da ilha e dos seus moradores.

Foram dias perfeitos e bem tranquilos, tudo que precisávamos para entrar no clima de férias e ir, gradualmente, deixando para trás a correria do dia a dia.

Praia de biquíni em Omadhoo
Roteiro de viagem nas Maldivas

Essa é uma ilha que indico sem pestanejar, especialmente por que a partir dela é possível visitar outras do atol de ferry boat, como por exemplo Dhigurah e Dangheti.

Vale a pena investir pelo menos dois dias inteiros em Omadhoo e de lá é possível fazer excursões para bancos de areia nos arredores, com direito a piquenique, assim como atividades relacionadas a snorkel, como observação de tubarões baleias, arraias e muitos peixes.

Roteiro de viagem Maldivas
Tranquilidade da ilha de Omadhoo na espera pelo ferry boat
Roteiro de viagem Maldivas
Omadhoo vista do ferry boat

Em relação aos custos, posso dizer que Omadhoo não há muito com o que gastar o seu dinheiro, exceto as atividades (entre 50 a 150 dólares) e alimentação (entre 2 a 15 dólares).

Cabe a você definir as suas prioridades, mas lá é possível passar dias no paraíso gastando pouquíssimo!

O que eu faria diferente: Ficaria 3 noites em Omadhoo, pois realmente é uma ilha que merece tempo de qualidade!

NÃO VIAJE SEM SEGURO: Faça aqui a cotação com as melhores seguradoras do mercado e garanta desconto de 5% com o código  “OMUNDOEPEQUENO5

 

3 NOITES EM DHIGURAH

A ILHA DOS MERGULHOS E DOS TUBARÕES BALEIA

Roteiro de viagem Maldivas

Depois de Omadhoo visitamos a lindíssima e versátil ilha de Dhigurah.

Chegamos em Dhigurah de ferry boat, saindo de Omadhoo com conexão em umas 2 horas. A viagem foi tranquila, as paisagens absolutamente encantadoreas e nos custou menos de 5 dólares por pessoa no total. Os horários do ferry boat são:

Omadhoo para Mahibadhoo: 09:55 com viagem de 40 minutos

Mahibadhoo para Dhigurah: 13:30 com viagem de 2 horas

É também possível também chegar em Dhigurah através de speed boat saindo de Malé, sendo que a viagem custa 35 dólares e leva cerca de 1 hora e meia.

Ferry boat entre ilhas locais nas Maldivas

Seja como for, Dhigurah é uma ilha local imperdível nas Maldivas, a qual certamente recomendo para a sua viagem. E você vai entender o motivo de tanta fascinação a seguir.

Uma das certezas que tinha ao planejar a viagem para as Maldivas era a de que eu tentaria, ao máximo, realizar um grande sonho: nadar com tubarões baleias.

E Dhigurah é um dos melhores locais do país e do mundo para avista-los na natureza, sem a exploração que é feita nas Filipinas, onde tornaram os animais viciados em alimentos obtidos de forma fácil afim de atrai-los para exploração turística.

Além disso, Dhigurah é um destino famoso pela sua biodiversidade marinha e por isso atrai muitos mergulhadores anualmente.

Manta Rays gigantes em Dhigurah

Esta fama internacional fez com que Dhigurah se desenvolvesse mais do que a maioria das ilhas locais nas Maldivas e, sendo assim, atualmente a ilha é uma das mais procuradas no país.

Isso significa que Dhigurah oferece aos turistas opções mais estilosas de acomodação, assim como restaurantes interessantes e de culinária internacional. Para conferir as opções de hospedagem em Dhigurah clique aqui.

A sua fama também implica em preços mais elevados em comparação com as outras ilhas que visitamos, mas ainda assim em conta, e mais visitantes do que outras ilhas. Mas, como a ilha é enorme, as praias ficam bem tranquilas, mesmo em alta estação.

Maldivas
Dhigurah em sua extensão

Dhigurah é uma ilha comprida (muito mais do que parece ser nas fotos) e as praias são belíssimas, especialmente as próximas do banco de areia em sua extremidade.

Alugamos bicicletas por 5 dólares por dia para explorar a ilha de ponta a ponta e indicamos demais que faça esse passeio em sua visita a Dhigurah.

Só sorrisos nas Maldivas!
O que fazer nas Maldivas

Logo na extremidade da ilha, onde a vegetação se torna esparsa e dá lugar à areia da praia, você vai encontrar praias lindíssimas com água tão azul que você vai até duvidar dos seus olhos.

Para falar a verdade, a praia que vi no banco de areia em Dhigurah foi a mais linda que já vi na vida. E é difícil colocar em palavras a magnitude deste lugar!

Em nossa estadia de três dias em Dhigurah, fizemos excursões para mergulhar, para ver os tubarões baleias e Manta rays, as arraias gigantes!

Roteiro nas Maldivas

Indicamos a empresa Island Divers, já que eles oferecem tarifas amigáveis e serviço super profissional. Indico que entre em contato com eles com antecedência e reserve os passeios que quer fazer.

Em Dhigurah há um acordo entre as acomodações de não prestar serviços para hóspedes de outros, e sendo assim, eles conseguem manter os preços das atividades relativamente altos, já que não há a prática da barganha.

Contudo, se você já tiver a reserva feita previamente com uma empresa, não terá problemas em relação a isso. E de quebra, vai conseguir preços mais amigáveis.

Em Dhigurah, nos hospedamos em um Airbnb super moderninho e com quartos amplos, mas sem café da manhã. Indico bastante, mas seja esperto e pesquise preços de atividades antes de aceitar o que eles oferecem no local 🙂

Cadastre-se no Airbnb aqui e ganhe R$ 180 de desconto na sua primeira reserva!

As refeições em Dhigurah custam entre 7 a 20 dólares e as atividades entre 60 a 120, sendo que os passeios de snorkel custam 50 e os mergulhos custam 68 dólares.

Não gostei muito do restaurante do Bliss, pois oferece preços exorbitantes para os padrões da ilha sem surpreender na qualidade. Já o restaurante Thai é uma excelente pedida.

 

4 NOITES EM THODDOO

REMOTA E ABSOLUTAMENTE MARAVILHOSA

Thoddoo foi a nossa terceira ilha nas Maldivas, e está situada a noroeste de Malé, bem distante das ilhas que visitamos anteriormente.

Por isso, para chegar lá, tivemos que pegar um speed boat de Dhigurah para Malé bem cedo, por volta das 6 da manhã e chegamos em Malé uma hora e meia de viagem depois.

De lá, pegamos outro speed boat para Thoddoo as 11 horas da manhã e chegamos na ilha por volta das 12:30. Cada um desses trechos custou 35 dólares.

Thoddoo foi a maior surpresa da viagem e não foi fácil encontrar muitas informações na internet sobre ela, mas parece que já foi descoberta pelos Russos e Italianos, as nacionalidades que mais a visitam.

Thooddoo vista de cima. Um paraíso!
Ilhas nas Maldivas

Ela é uma ilha que agradar visitantes que valorizam o comforto, já que oferece uma estrutura mais sofisticada e interessante que as outras ilhas locais que visitamos.

Em Thoddoo, há duas praias de biquinis destinadas aos turistas e em cada uma delas, há estrutura de cadeiras de praia, redes e cadeiras suspensas. Isso sem falar nos balanços super fotogênicos que se encontra nas praias da ilha, um charme que só.

O que fazer nas Maldivas

As praias são lindas, lindas, lindas! Passei horas simplesmente olhando para aquele mar cristalino tão azul que mais parece de mentira.

Para mim, Thoddoo foi uma ilha de contemplação, de desacelerar, deitar na areia da praia, ler um bom livro, jogar Uno e me sentir viva e conectada com a natureza.

É até difícil colocar em palavras a beleza de Thoddoo, mas posso garantir uma coisa: não deixe ela de fora do seu roteiro de viagem, especialmente se a sua prioridade for relaxar na praia de águas cristalinas, contando com uma certa estrutura de restaurantes e pousadas na ilha.

Por lá, vimos muitas famílias com crianças pequenas e também muitos casais. Mas, ainda assim, a ilha não fica muito cheia e é possível aproveitar sem muita muvuca.

Vale a pena alugar bicicletas por 5 dólares a diária para explorar a ilha por completo, que é cheia de fazendas de frutas que produzem especialmente mamões, e de praias lindas em quase toda a sua extensão.

VIAJE CONECTADO: Confira aqui os melhores pacotes de internet e ligações para viagens internacionais e compre com 10% de desconto usando o código 

Roteiro de viagem nas Maldivas

Um dos pontos mais lindos da ilha é essa “avenida” desenhada por coqueiros alinhados que ao final guiam até uma praia belíssima.

Em Thoddoo fizemos e recomendamos, o passeio para o banco de areia próximo de Rashoo, que é lindíssimo. A aventura custou 100 dólares por pessoa, o que não é barato, mas valeu super a pena!

Além disso, resolvemos viver a experiência de jantar romântico no pôr do sol que é um super cliché nas Maldivas.

Foi maravilhoso e custou 80 dólares pelo casal. De quebra, ainda vimos plânctons luminosos na noite do jantar romântico.

Melhor experîencia impossível!

 

NÃO SE VÁ! Confira aqui todos os artigos já publicado sobre as Maldivas no blog

Arquivado em: Maldivas, Roteiros de viagem
 

Agradecemos muito se organizar a sua viagem com links abaixo (com descontos!), pois vai incentivar o blog com uma pequena comissão sem pagar nada a mais por isso. Obrigada desde já!

ㅤHOTEL: Reserve com tarifas diferenciadas com a Booking.com

ㅤAIRBNB: Cadastre-se e ganhe R$ 190 de bônus no Airbnbpara usar na primeira reserva - é totalmente grátis!

ㅤSEGURO VIAGEM: Pesquise com a Real Seguros e também com a Seguros Promo (5% com o código "OMUNDOEPEQUENO5"!)

ㅤINGRESSOS: Evite filas com ingressosda Get Your Guide ou com a Ticketbar

ㅤALUGUEL DE CARRO: Cote com a Rental Cars e também com a Rent Cars e conte com assistência em português

ㅤINTERNET: Chip internacional com a Viaje Conectado (15% de desconto com o código "omundoepequenoparamim") e também com a Easysim4u

ㅤPASSAGEM AÉREA: Passagens aérea com tarifas imperdíveis com a Passagens Promo

 

LEIA TAMBÉM...

Lara Nogueira

Sobre Lara Nogueira

No blog, Lara une a sua paixão por viajar com a de escrever. Seus relatos têm o objetivo de fazer os leitores viajarem (antes mesmo de sair de casa) através de um estilo único de narração que invoca os sentimentos e sentidos, combinada com dicas úteis e imagens dos destinos que visita.

Sua curiosidade e fascinação pelo novo fazem com que esteja sempre em busca de experiências únicas. Não é a toa que deixou a calorosa Bahia para chamar Estocolmo na Suécia de lar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SUPER


descontos

Reserve a sua viagem utilizando os nossos descontos exclusivos!
EU QUERO!