Top
DESCONTOS DE VIAGEM

Roteiro em Lisboa: O que fazer em 3 a 5 dias

Roteiro em Lisboa

Neste post você vai encontrar sugestões completas de roteiro em Lisboa, com dicas do que fazer em 3, 4 e 5 dias nesta cidade que é queridinha dos Brasileiros e que também está super em alta com viajantes internacionais!

Se chegou no blog agora, vale a pena conferir o post guia de viagem de Lisboa antes de seguir com a leitura, pois lá vai encontrar as dicas de viagem mais frescas e completas da internet para te ajudar no seu planejamento de viagem para Portugal.

A seguir, vai encontrar o roteiro completíssimo que preparamos para que você possa aproveitar o melhor de Lisboa em 3, 4 ou 5 dias, sendo que preparamos também o mapa interativo abaixo com marcações dos locais de interesse do roteiro para te auxiliar no planejamento e locomoção.

 

 

O mapa acima vai te auxiliar a localizar as regiões e atrações próximas entre si, já que o roteiro foi todo planejado para otimizar o seu tempo e combinar as melhores atrações de uma área em um só passeio.

Neste sentido, vale destacar que os pins rosas correspondem às atrações do primeiro dia, os pins verdes às atrações do segundo dia e os pins laranjas às atrações do terceiro dia.

No entanto a sugestão de roteiro que preparamos pode ser totalmente customizada de acordo com suas preferências e disponibilidade de tempo, portanto, fique a vontade para fazer as modificações necessárias par aproveitar ao máximo a sua viagem à Lisboa.

Vamos lá? 🙂

DICA IMPORTANTE: Uma boa opção para quem pretende visitar as atrações pagas de Lisboa é adquirir o Lisboa Card com antecedência e ter entrada grátis em monumentos, museus e atrações, assim como viagens ilimitadas de transporte público incluídas no passe.

 

ROTEIRO EM LISBOA

PRIMEIRO DIA

Roteiro de 3 a 5 dias em Lisboa

Comece o roteiro do primeiro dia em Lisboa em uma área não tão popular entre turistas, mas certamente encantadora: o Parque Eduardo VII de Inglaterra, de onde se poder ver uma das mais lindas vistas da cidade.

 

PARQUE EDUARDO VII

Vale a pena começar a sua exploração de Lisboa do parque Eduardo VII, cujo miradouro confere aos visitantes a vista mais abrangente que se tem de Lisboa e do Rio Tejo.

Essa será uma excelente introdução à cidade de Lisboa para além do centro turístico e te dará uma boa perspectiva das sete colinas e diferentes regiões da cidade!

Passeie pelo parque, aprecie seus jardins e a imponente estátua do Marquês de Pombal e siga caminhando pela Avenida Liberdade, que é a mais importante de Lisboa e onde vai encontrar diversas lojas de marcas aclamadas internacionalmente.

 

AVENIDA LIBERDADE

A Avenida da Liberdade se estende da praça do Marquês de Pombal até a praça dos Restauradores, nas margens do Rio Tejo, e representa uma das principais vias da cidade de Lisboa.

É uma avenida bem longa, mas o passeio por lá rumo a Praça do Rossio é bem gostoso, pois a via é toda arborizada, sua calçada super charmosa ornada de pedras portuguesas e há muitas lojas de marcas luxuosas para apreciar a vitrine no caminho, assim como a possibilidade de observar o vai e vem dos locais, já que há muitos edifícios comerciais ao longo da avenida.

 

PRAÇA DO ROSSIO

Oficialmente denominada Praça D. Pedro IV, a Praça do Rossio é uma das mais belas, movimentadas e históricas de Lisboa.

No centro da praça você pode apreciar a estátua de D. Pedro IV, que é por nós conhecido como D Pedro I, o primeiro imperador do Brasil independente.

Por lá, também pode apreciar a estação de trem do Rossio, que tem uma fachada deslumbrante e representa uma das mais belas do mundo, assim como o Teatro Nacional D. Maria II.

Roteiro de viagem em Lisboa

Se tiver com vontade de fazer uma paradinha para recarregar as energias, pode parar no Café Nicola, sentar numa mesa externa e observar o vai e vem dos lisboetas nesta praça histórica que já foi palco de muitos eventos, protestos e até mesmo atos da Inquisição.

E antes de seguir com o roteiro, não deixe de reparar na calçada da praça que tem o formato de ondas branco e preto e que serviu como inspiração para o calçadão de Copacabana no Rio de Janeiro!

 

PRAÇA DA FIGUEIRA

Do lado da Praça Rossio está a Praça da Figueira, onde fica o mercado aberto de Lisboa e também o mercado central da cidade, local onde se pode encontrar queijos, embutidos, doces e bebidas típicas de Portugal!

Vale a pena visitar o Mercado assim como passear pelas imediações da praça e quem sabe parar para provar a ginjinha, uma bebida bem típica de Lisboa, no A ginjinha.

 

PRAÇA DOS RESTAURADORES

Siga então para o Elevador da Glória, passando pela icônica Praça dos Restauradores, que foi construída para homenagear os soldados que lutaram na Guerra da Restauração e conquistaram a libertação de Portugal do domínio espanhol no ano de 1640.

Lá vai poder observar o obelisco de 30 metros de altura erguido no centro da praça, com os nomes das batalhas da Guerra da Restauração inscritos em sua extensão e que simboliza a vitória de Portugal e a liberdade conquistada.

 

ELEVADOR DA GLÓRIA

O Elevador da Glória talvez seja o mais charmoso dos 4 elevadores históricos de Lisboa e conecta a Praça dos Restauradores ao Miradouro de São Pedro de Alcântara.

Este elevador, assim como os outros da cidade, foram construídos para conectar o centro plano de Lisboa com as colinas da cidade, poupando os cidadãos das subidas íngremes e cansativas.

Atualmente, subir colina acima em um destes elevadores é uma das atividades mais autênticas e românticas que se pode fazer em Lisboa, até porque a viagem será feita na cabine usada desde a inauguração em 1885.

 

MIRADOURO SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

Sua parada final no Elevador da Glória será o Miradouro de São Pedro de Alcântara, de onde se pode ter vistas belíssimas da cidade. E nas imediações do miradouro, pode escolher um dos deliciosos e autênticos restaurantes para almoçar e recarregar as energias para o resto do roteiro!

 

CONVENTO DO CARMO

Depois do almoço, siga para o Convento do Carmo, cuja entrada custa 5 euros por pessoa, e representa uma das atrações mais imperdíveis de Lisboa.

Este convento erguido em 1389 por D. Nuno Álvares Pereira foi uma das mais importantes igrejas de Portugal na época competindo com a Sé, mas teve sua estrutura parcialmente destruída pelo terremoto que assolou Lisboa em 1755.

O que se pode visitar atualmente são as ruínas desta belíssima e imponente igreja, assim como o Museu Arqueológico do Carmo que foi o primeiro museu de Portugal aberto ao público.

Resista a tentação de explorar o Chiado (vai voltar depois do pôr do sol) e de lá, pegue o Elevador de Santa Justa para explorar a área histórica da cidade, próxima ao Rio Tejo.

 

ELEVADOR DE SANTA JUSTA

Este elevador é um dos mais icônicos de Lisboa e não poderia ser diferente, pois sua estrutura é realmente única e de quebra ainda se pode apreciar uma das vistas mais lindas da cidade do seu topo.

Da autoria de Mesnier du Ponsard e estilo neogótico, este elevador é diferente dos outros da cidade e conta com cabines de madeira super elegantes e passear nele mais parece uma viagem no tempo.

roteiro em Lisboa

Neste post aqui você vai descobrir como aproveitar o melhor da vista do topo do elevador, assim como fazer o passeio de graça.

Ao descer com o elevador, vai sair na Baixa de Lisboa, que é uma das regiões mais tradicionais e turística da cidade.

 

RUA AUGUSTA E ARCO AUGUSTA

Explore a área da Baixa de Lisboa, que conta com muitas lojas interessantes de marcas internacionais, restaurantes, artistas de rua e pontos para compra de souvenir, mais especificamente as imediações da Rua Augusta.

Por lá, indico demais que passe para provar o pastel de nata do Manteigaria (um dos melhores de Portugal!) e o pastel de bacalhau do A Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau.

Depois de explorar a Rua Augusta e provar dos petiscos tradicionais, siga para visitar o Arco da Rua Augusta, um os mais belos monumentos de Lisboa!

No Arco da Rua Augusta, repare nas esculturas do topo, que enaltecem os heróis portugueses da época dos descobrimentos, assim como as esculturas nas laterais que representam os dois rios portugueses: o Douro e o Tejo.

Roteiro em Lisboa
Roteiro 3 dias em Lisboa

Aproveite para subir no Arco Augusta para vistas lindíssimas da Praça do Comércio, do Rio Tejo e outras tantas belezas de Lisboa.

Para isso, dirija-se à entrada do mirante que fica embaixo do arco, pague o valor da entrada (4 euros por pessoa) e tome o elevador até o topo.

 

PRAÇA DO COMÉRCIO (TERREIRO DO PAÇO)

A Praça do Comércio é também conhecida como Terreiro do Paço e representa a praça mais importante de Lisboa e uma das maiores da Europa, com seus 36 000 m2.

Por lá, admire a estátua de D. José I no centro da praça, o rei na época do terremoto de 1755 que destruiu a praça antiga, pisando serpentes como um símbolo do poder real.

Roteiro em Lisboa

Não deixe de observar os edifícios que envolvem a praça, nos quais funcionam departamentos governamentais, instituições públicas e culturais, assim como cafés e restaurantes.

Como a este momento o dia já deve estar terminando, sente-se nas balastradas da Praça do Comércio para apreciar o belíssimo espetáculo do sol se pondo no Tejo e colorindo a paisagem das cores mais lindas que se pode imaginar!

Se der sorte, vai poder aproveitar este momento com música ao vivo tocada pelos artistas de rua que se reúnem quase que diariamente neste local para embalar o pôr do sol com ritmos animados!

 

NOITE NO CHIADO

Depois de apreciar este momento, siga a pé mesmo para explorar uma das áreas mais badaladas de Lisboa: o Chiado.

Por lá, visite a Praça Luis de Camões, cheque o A Brasileira, o café preferido de Fernando Pessoa e siga desbravando as ruelas da região, com especial nas proximidades da Rua Garret, que são super charmosas e movimentadas.

Com certeza vai encontrar um restaurante maravilhoso para jantar no Chiado!

IMPORTANTE: Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório para entrar na Europa. Faça aqui a cotação das melhores seguradoras com assistência em português em caso de emergência!

 

ROTEIRO EM LISBOA

SEGUNDO DIA

Comece o segundo dia em Lisboa pegando o bondinho elétrico n 28 de uma parada no início da rota para garantir assentos e conseguir aproveitar a vista de uma das rotas mais encantadoras da cidade, que liga o bairro de Prazeres à Graça, passando pelo bairro da Alfama, pela Sé, com destino final no Largo da Graça.

 

BONDINHO ELÉTRICO 28

A rota do bondinho elétrico n 28 começa no Campo de Ourique, mas você pode embarcar em um ponto mais central, como o da Praça Luís de Camões por exemplo, e ainda assim conseguir assentos. Siga com o tram até a sua parada final no Largo da Graça e se quiser consultar mais detalhes sobre a rota confira este post aqui.

Roteiro em Lisboa

Passear bondinho elétrico n 28 é uma das atividades mais encantadoras em Lisboa, já que a viagem é feita em daqueles vagões amarelos dos anos 1930 que se tornaram ícones de Lisboa, e passa por locais super charmosos, ruelas bem estreitas e pontos turísticos de Alfama.

Durante o percurso, se delicie com os detalhes da charmosa e colorida Lisboa, suas ruelas de pedras sabão e as vistas maravilhosas do Tejo no subir da Alfama!

 

MIRADOURO DE NOSSA SENHORA DO MONTE

Como vai descer no último ponto do bondinho elétrico n 28, que fica no Largo da Graça, pode começar o seu roteiro subindo para apreciar as vistas do Miradouro da Senhora do Monte e visitar a Capela Nossa Senhora do Monte.

Depois de apreciar as vistas deste miradouro, que é o ponto mais alto de Lisboa, e tem vistas privilegiada para as colinas da cidade, siga descendo a Graça e aproveitando o ar residencial e tradicional desta área.

 

LARGO DA GRAÇA

A distância do Miradouro da Senhora do Monte e o Largo da Graça não é tão grande, então em poucos minutos você chegará nesta área super única e antiga de Lisboa.

Por lá, você pode dar explorar nas ruelas que circundam o Largo e observar os seus edifícios residenciais super antigos que são super charmosos de fora.

São tão bonitos que fiquei chocada ao ouvir de minha prima que mora em Lisboa que estes apartamentos servem de residência de baixo custo, pois os apartamentos e não dispõem de banheiros próprios e que há nos prédios espaços comunitários de banheiro e de lavanderia.

 

MIRADOURO DA GRAÇA

A poucos metros do Largo, você vai encontrar o Miradouro da Graça, a belíssima Igreja da Graça, assim como uma área super relaxada com mesas ao céu aberto que são perfeitas para uma parada estratégica para descansar acompanhada de um drink.

Roteiro 4 dias em Lisboa
O que fazer Lisboa

Ambas as atrações merecem a sua visita, com destaque especial para o Mirante, que conta com vistas panorâmicas incluindo algumas colinas de Lisboa e o Castelo de São Jorge.

Se for um viajante curioso como eu, pode dedicar alguns minutos a explorar a escadaria que fica atrás do Mirante da Graça e as ruelas próximas que são super residenciais e autênticas – vai ter uma experiência super diferente em Lisboa e passear por uma área quase inexplorada por turistas!

ROTEIRO PERSONALIZADO: Encomende o seu roteiro personalizado conosco e viaje com um planejamento exclusivo e autêntico!

 

IGREJA SÃO VINCENTE DE FORA

Siga explorando as ruelas super charmosas da Graça sem pressa, meio que sem destino, parando nas lojinhas que te chamam atenção até chegar na belíssima Igreja de São Vicente de Fora.

Roteiro em Lisboa

Esta igreja foi inicialmente erguida em 1147 em estilo românico original como oferta a São Vicente, o padroeiro de Lisboa. Pouco da construção original foi conservada e o que se visita hoje é a belíssima igreja construída nos últimos anos do séc. XVI por Filipe II de Espanha, que conta com belíssimas painéis de azulejo em seu interior.

Vale a pena visitar esta belíssima igreja adornada de mármore e de simplicidade, simetria e equilíbrio sem igual.

 

PANTEÃO DE LISBOA

Pode também visitar o Panteão de Lisboa no Campo de Santa Clara, um dos edifícios mais belos da paisagem lisboeta. Em estilo barroco italiano, o Panteão abriga a igreja de Santa Engrácia, que nunca foi terminada, e representa um mausoléu para presidentes e ídolos nacionais.

Se for uma terça-feira ou num sábado, vale a pena combinar a visita ao Panteão com a famosa Feira da Ladra, que vende produtos vintage e artesanais de todos os tipos.

Depois da visita, pode seguir caminhando rumo a Alfama, sem pressa e admirando a bela e original arquitetura da região e aproveite para almoçar em um dos deliciosos restaurantes de Alfama.

 

IGREJA DE SANTO ANTÔNIO DE LISBOA

Desça as ladeiras até o início da região de Alfama para visitar a Igreja Santo Antônio de Lisboa, que apesar de ser uma jóia preciosa lisboeta, geralmente não é mencionada pela maioria dos roteiros turísticos em Lisboa.

Caso esteja se perguntando, sim, esta é a igreja do Santo Antônio, aquele santo casamenteiro que praticamente todo brasileiro conhece e que nasceu e viveu em Lisboa. A igreja foi construída no local de seu nascimento e tem visita gratuita, por isso não pode ficar fora da suas andanças pela Alfama.

 

CATEDRAL DA SÉ DE LISBOA

Depois siga para a Sé de Lisboa, que é a igreja mais importante da cidade e tem estilo gótico e barroco. Construída por volta de 1150, a Sé de Lisboa é um monumento medieval belíssimo e merece ter o seu interior visitado (entrada gratuita, mas cobra-se 3 euros para visitar o claustro).

Da Sé siga para apreciar algumas das mais belas vistas de Lisboa, em dois dos mais populares miradouros da cidade.

 

MIRADOURO DE SANTA LUZIA

O Miradouro de Santa Luzia é uma área super romântica com vistas maravilhosas do bairro de Alfama e do Rio Tejo e será o seu próximo destino.

Roteiro em Lisboa

Vale a pena dedicar um tempinho por lá admirando as vistas lindas, as flores que cobrem a passarela de pedestres do local, os azulejos super charmosos que decoram o miradouro e apreciando as manifestações artísticas sempre presentes por lá!

 

MIRADOURO DA PORTA DO SOL

Apesar de estar bem próximo do Miradouro de Santa Luzia, o belíssimo Miradouro Porta do sol conta com ângulos diferenciados e inegavelmente uma das vistas mais lindas de Lisboa.

Roteiro em Lisboa

Deste miradouro, você vai apreciar a vista com com os telhados de Alfama e suas casinhas coloridas, assim como a da Igreja de São Vincente do Fora e o Rio Tejo no fundo. É sem dúvidas uma atração que não pode ficar de fora do seu roteiro.

 

CASTELO DE SÃO JORGE

No final da tarde, siga para visitar o Castelo de São Jorge (cuja entrada custa 9 euros por pessoa), conhecer mais da história de Lisboa e apreciar da muralhas um dos mais belo pôr do sol que você vai ver na vida!

O Castelo de São Jorge foi construído no século XI como uma fortaleza para defesa da cidade e por isso tem uma localização privilegiada no topo de uma colina e com vista panorâmica da cidade de Lisboa.

Do topo, se pode ver a maioria dos pontos turísticos de Lisboa, o Tejo e até a Ponte 25 de Abril!

Como há muito o que ver por lá, e sugiro que pegue o guia digital na entrada para obter as informações sobre este monumento de Lisboa e aprender mais sobre a história da cidade.

Assista ao pôr do sol das muralhas do Castelo de São Jorge e depois siga para jantar no super badalado bairro Príncipe Real. Indico os restaurantes Zazah ou a A Cevicheria!

DESCONTO: Reserve o seu hotel no Booking.com e garanta as melhores tarifas e cancelamento gratuito!

 

ROTEIRO EM LISBOA

TERCEIRO DIA

Comece o terceiro dia visitando o LX Factory, um centro cultural construído onde antes funcionava a antiga fábrica de tecidos de Lisboa.

 

LX FACTORY

Visitar o LX Factory é uma das atividades mais descoladas que se pode fazer em Lisboa, já que deste espaço onde as ruínas de uma antiga fábrica imperavam surgiu um centro cultural super interessantes, repleto de lojas de design, música, arquitetura, um mercadinho de artesanatos ao céu aberto e diversos bares e restaurantes.

Roteiro em Lisboa

Sugiro que dedique um tempo de qualidade por lá para absorver toda a atmosfera criativa e despojada do local, admirar as obras de arte espalhadas por todo o espaço, assim como para conferir as lojinhas com produtos super autênticos e com bons preços.

Não se pode deixar de fora uma visita ao terraço Rio Maravilha e também à Livraria Ler Devagar, que é considerada uma das 10 mais bonitas do mundo!

Depois, pegue um Uber até Belém para visitar as super populares atrações turísticas da região, a começar pelo Mosteiro dos Jerônimos.

 

MOSTEIRO DOS JERÔNIMOS

A visita ao Mosteiro dos Jerônimos em Belém não pode faltar no seu roteiro por Lisboa, já que este monumento representa uma das sete maravilhas de Portugal e também a atração mais visitado do país!

E não é para menos, pois o Mosteiro dos Jerônimos representa uma verdadeira obra prima no estilo Manoelino e um dos grandes marcos do apogeu Português na época dos descobrimentos e foi classificado como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Com construção iniciada em 1501 pelo Rei D. Manuel I, bem próximo da praia que recebia os navios dos grandes descobrimentos de volta à Portugal, este monumento foi refinado e expandido por cerca de 100 anos com os recursos oriundos dos impostos sobre o ouro cobrado das colônias, assim como especiarias e pedras preciosas que vieram da Índia.

A pedra usada na construção do mosteiro foi o calcário de lioz, que era abundante nesta região de Portugal e após a sua construção, o local foi delegado aos cuidados da Ordem dos Jerônimos até o ano de 1834, quando todas as ordens religiosas foram extintas em Portugal.

Durante o período de cuidados religiosos, os monges que lá viviam eram responsáveis por rezar pela alma do rei e dos navegadores que dali partiam para se aventurarem no mar.

Há muito o que ver e fazer no Mosteiro dos Jerônimos, inclusive a Igreja de Santa Maria de Belém, e para não perder nenhum detalhe, sugiro que verifique o post do Viga Cigana para maiores informações sobre o monumento e suas atrações.

Clicando aqui você pode comprar o ingresso para o mosteiro com antecedência e evitar as filas longas que costumam se acumular nos guichês da atração.

 

PASTÉIS DE BELÉM

Depois da visita ao mosteiro, passe na super tradicional pastelaria Pastéis de Belém, que criou estes deliciosos doces, para provar o autêntico pastelzinho de Belém!

Mas não somente para provar os pastéis de Belém a sua visita deve se destinar, pois a doceria serve também outros deliciosos doces e salgados típicos de Portugal que merecem ser provados e tem um interior super lindo e calmo.

Mesmo que tenha que esperar alguns minutos na fila, recomendo que espere por um assento na parte interna da doceria e experimente as delícias que ela tem para oferecer.

De lá, siga para visitar o Padrão dos Descobrimentos, um dos monumentos mais impactantes de Lisboa.

 

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Este monumento em formato de caravela foi criado em homenagem ao tempos de glória de Portugal, quando foi o país pioneiro marítimo, descobridor de rotas maritimas e colonizador de diversas terras além-mar.

Está situado no local onde as caravelas, inclusive as de Pedro Álvares Cabral, partiam para desbravar os mares, e desponta imponente no horizonte com seus 56 metros de altura. Confesso que imaginava que o monumento seria grande, mas fiquei muito impactada ao chegar lá e observar as reais dimensões da escultura!

O que fazer em Lisboa

Além de observar gigantesca rosa dos ventos que cobre 50 metros do piso do monumento e os detalhes da escultura que trazem personalidades da época do descobrimentos, vale a pena subir até o seu topo para observar Belém e o Rio Tejo de ângulos privilegiado!

Depois de aproveitar o monumento e suas vistas, siga para visitar a Torre de Belém, que é um dos ícones de Portugal.

 

TORRE DE BELÉM

A Torre de Belém é um dosmonumentos mais populares de Portugal e carrega consigo muita carga histórica, além de uma beleza incomparável!

A Torre, que foi encomendada pelo rei D. Manuel I em 1514, foi erguida para defender a entrada do Rio Tejo contra ataques inimigos. Depois de mais de 6 anos de construção, a Torre foi finalizada em 1520 e simboliza um dos marcos da era dos descobrimentos, tendo sido inclusive ponto de partida de caravelas que desbravaram novas rotas marítimas.

Uma curiosidade interessante é de que na outra margem do Tejo ficava outra torre, a Torre Velha, que junto com a Torre de Belém protegia Lisboa com fogo cruzado entre uma margem e outra!

Para saber mais sobre a Torre de Belém clique aqui, mas vale destacar que é possível visitar o interior da torre, suas salas, capela e terraço e que este passeio vale muito a pena. E para além da visita ao interior da torre, vale a pena admirar sua magnitude e beleza exterior passeando pelos seus arredores!

Antes de voltar para Lisboa, e se ainda tiver energia para explorar museus, vale a pena conferir museus, vale a pena passar no Museu Nacional dos Coches, o Museu Coleção Berardo ou o MAAT, que ficam na proximidade.

Também pode explorar o Palácio Nacional da Ajuda, que representou a última residência oficial da família Real Portuguesa em Lisboa, um local de beleza ímpar.

Se não tiver interesse em visitar o interior dos museus, certifique-se de passar e apreciar a arquitetura arrojada do MAAT, que é um museu moderno nas margens do Tejo.

 

MERCADO DA RIBEIRA

Para o jantar do terceiro dia, sugiro que comece provando os petiscos deliciosos no Mercado da Ribeira, que também é conhecido como TimeOut Lisboa e depois escolha um dos restaurantes da super aclamada zona do Cais do Sodré.

Minha sugestão de restaurante no Cais do Sodré é o Restaurante Portugália, que tem pratos deliciosos e com preços bem em conta, além de um ambiente delicioso e vistas sensacionais!

 

ROTEIRO EM LISBOA

DIA 4 e 5

Roteiro de 4 ou 5 dias em Lisboa

Se tiver dias adicionais em Lisboa e quiser explorar mais a cidade, vale fazer um roteiro pelas atrações mais modernas da cidade como por exemplo o Parque das Nações, o Oceanário, o Pavilhão do Conhecimento, o Shopping Vasco da Gama e o Teleférico de Lisboa.

Outra excelente pedida para o dia adicional em Lisboa é fazer um bate e volta para a belíssima Sintra, que fica a menos de 30 minutos de trem de Lisboa e é reconhecida como Patrimônio Mundial da Unesco. Por lá, você pode visitar palácios e castelos belíssimos, com destaque para o Palácio Nacional de Pena, assim como monumentos históricos e um centrinho super charmoso!

Se tiver mais dias, pode também planejar passeios bate e volta para Fátima e Cascais, as quais podem ser acessadas em menos de 1 hora de trem saindo do centro de Lisboa.

Se preferir, pode também alugar um carro e fazer os passeios com flexibilidade e segurança.

ALUGUE O SEU CARRO: Faça a cotação com as melhores locadoras de veículos para viagem e garanta a assistência em português em caso de emergência.

 

Não se vá! Leia também outros posts sobre Portugal já publicados no blog

Arquivado em: Lisboa, Portugal
 

Agradecemos muito se organizar a sua viagem com links abaixo (com descontos!), pois vai incentivar o blog com uma pequena comissão sem pagar nada a mais por isso. Obrigada desde já!

 

LEIA TAMBÉM...

Sobre Lara Nogueira

No blog, Lara une a sua paixão por viajar com a de escrever. Seus relatos têm o objetivo de fazer os leitores viajarem (antes mesmo de sair de casa) através de um estilo único de narração que invoca os sentimentos e sentidos, combinada com dicas úteis e imagens dos destinos que visita.

Sua curiosidade e fascinação pelo novo fazem com que esteja sempre em busca de experiências únicas. Não é a toa que deixou a calorosa Bahia para chamar Estocolmo na Suécia de lar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SUPER


descontos

Reserve a sua viagem utilizando os nossos descontos exclusivos!
EU QUERO!